Recorrer multas deitas em outros estados - Como Fazer? O que precisa?

11:41

Muitas pessoas viajam de carro e tem como destino outros estados. São viagens particulares, em família para conhecer um lugar novo, se divertir. Você passa seu tempo de uma maneira incrível, mas quando retorna para casa tem uma surpresa não muito agradável. Chega pelo correio uma multa da qual você não fazia ideia que tinha tomado.
Óbvio que ninguém gosta de ser multado, lá se vai alguns pontos na carteira e mais todo o dinheiro gasto para a infração cometida. Às vezes os Estados tem leis diferentes e nem sabíamos da multa. Outras vezes até imaginávamos, pois quando não conhecemos a cidade podemos estacionar em local proibido, virar errado em uma rua, tudo sem querer

Todas as infrações cometidas, independentemente do estado são inseridas automaticamente no Registro Nacional de Infrações de Transito. As notificações vem sempre pelo correio, por isso lembre-se de manter seus dados sempre atualizados no Detran. Caso contrário suas multas podem acabar indo para o endereço errado e você terá uma surpresa não muito agradável quando for pagar o IPVA, fazer o licenciamento ou renovar a carteira.
Para pagá-la deve ser feito tudo normalmente como qualquer multa feita na usa cidade. Mas é possível também recorrer. Então fique atento à notificação e todas as informações contidas nela.  Veja a data e o prazo para fazer o recurso de multa e enviar toda a documentação necessária. Para remover multas de outros Estados, basta apresentar o recurso no Estado em que vocÊ reside. O DETRAN é obrigado a receber toda a sua documentação, juntamente com o recurso e enviar para o estado em que a infração foi cometida. Junte os seguintes documentos?
·         Cópia da notificação da penalidade;
·         Cópia do CRLV.
·         Cópia autenticada em cartório ou cópia acompanhada do seu original do RG;
·         Requerimento padrão preenchido;

Se achar trabalhoso procure a ajuda de procurador. Ele sempre faz esse trabalho e poderá remover sua multa com facilidade. Se a multa for injusta, nunca deixe de recorrer.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários