Como funciona o poder termogênico. Os suplementos emagrecem mesmo?

06:00


O poder termogênico natural de alguns alimentos não deve levar-nos a consumir esses produtos em excesso, já que a maioria deles se caracterizam por seu poder excitante. É importante lembrar que estes alimentos são positivos, desde que consumidas de forma moderada, mas que existem contraindicações, se tomados em excesso: se lhe damos a uma pessoa com 4 cafés, 3 chás, 4 Matte e um guaraná aumentar seu gasto energético, mas não ficar de olho em toda a noite.


O vale então a pena consumi-los? Se nos serve de motivação extra e gostamos de tomá-los, nós podemos fazê-lo com tranquilidade. Mas se estamos pensando que vamos perder peso e depois podemos excedermos comendo algo que não deveríamos, nós estaremos muito errados", lembra a nutricionista, que aconselha que, para perder peso, o melhor é apostar em uma dieta variada em que, isso sim, não faltem alguns alimentos considerados termogênicos: uma verdura primeiro, um bife feito na chapa com pimenta, uns pimentões acompanhando e um café de sobremesa fazem um menu saciante e termogênico altamente recomendável.

Suplementos alimentares termogênicos (queimadores de gordura)


Além dos alimentos termogênicos naturais nos últimos anos, têm aparecido no mercado diversos suplementos alimentares que prometem queimar gordura de forma instantânea, graças ao efeito termogênico de seus componentes. Estes suplementos garantem o aumento da temperatura corporal e aumentar o metabolismo através de quatro mecanismos: a função termogênica que converte as calorias da dieta em energia; a função diurética que consegue eliminar líquidos; a função supressora do apetite e da ação de queimar gorduras.

O que é a termogênese?


Os termogênicos são chamados assim porque geram calor com o aumento do metabolismo, o que provoca lipólise por termogênese, ou seja, a desintegração da gordura. Mas, o que é a termogênese? É a produção de calor pelo corpo. Como todos os animais de sangue quente, o cérebro dos humanos mantém o corpo a uma temperatura constante dentro de limites definidos, e para isso deve consumir constantemente energia, que obtém os nutrientes que ingerimos na dieta.

Esta produção de calor é regulada, como muitos outros processos orgânicos, através da secreção de hormônios na corrente sanguínea para fazer saber ao corpo o que fazer. Os produtos termogênicos têm a capacidade de ativar certos receptores das células que lhes fazem acreditar que o cérebro pede que aumentem a produção de calor através do consumo de ácidos graxos das reservas de gordura do corpo, o que provoca uma redução destas gorduras.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários