Qual a melhor reação ao consultar o boletim online do seu filho

07:43

Com a internet, ficou mais fácil consultar boletim online das crianças e adolescentes que estão na escola. Como tudo que a tecnologia trouxe, isso também tem pontos positivos e negativos. Agora, dificilmente os filhos conseguem mentir sobre as notas, mas ao mesmo tempo, podem sentir uma pressão exagerada por parte dos pais para mantê las sempre acima da média. 

Então,  qual é a melhor forma de consultar boletim online, sem se estressar e nem causar estresse ao aluno? Paciência e empatia são algumas das dicas a se seguir, mas sabemos que em um primeiro momento, elas podem ser difíceis. Por isso, vamos te trazer um guia básico de como monitorar as notas do seu filho de uma forma responsável e saudável!


Apoie o seu filho



Antes de mais nada, faça questão de apoiar o seu filho. Ele precisa se sentir confortável para contar sobre os problemas que está enfrentando. Esse apoio também será um incentivo a mais para que ele queira estudar e tirar notas boas


Lembre se que o ato de apoiar não deve ser só feito em momentos bons, mas também nos ruins! Nessas horas que as crianças e os adolescentes aprendem a lidar com os erros. 


Não faça promessas vazias ou que vão se converter a presentes. Falar que o filho vai ganhar um brinquedo se tirar uma nota boa, não traz resultados a longo prazo. Apenas ensina a ele que tudo precisa ter uma recompensa material.


Entenda quais são os pontos fracos e fortes do seu filho 


Cada pessoa tem aptidões e facilidades diferentes da outra: alguns pendem para as ciências exatas, outros para as ciências humanas ou sociais. Ainda existem aqueles que são mais artísticos ou esportivos. Não podemos esquecer daqueles que não sentem facilidade em nenhuma dessas áreas do conhecimento, mas têm as chamadas soft skills. Nesses casos, a pessoa consegue se comunicar, ser empática e ouvir. 


Muitas crianças já desenvolvem e demonstram essas habilidades desde cedo. Não esqueça disso ao consultar o boletim online do seu filho! Ninguém precisa ser bom em tudo ou tirar notas máximas em toda matéria. Está tudo bem ter que refazer as provas. 


Converse com o seu filho sobre isso. Busque os pontos fortes dele e como eles podem ajudá lo a melhorar o desempenho em outras áreas. 


Saiba o que está acontecendo na vida da criança ou adolescente


Problemas pessoais podem afetar (e muito!) a vida escolar dos pequenos. Converse com eles para saber se eles brigaram com algum colega, se estão sofrendo bullying, estão com algum problema familiar ou com alguma doença mental, como depressão ou ansiedade. 


Todos esses acontecimentos têm a capacidade de diminuir a atenção dos alunos em sala de aula e conseguem desmotivá los a ter uma boa vivência na escola. Nesse sentido, conversas e até mesmo ajuda psicológica são fundamentais!


Se nenhuma dessas dicas der certo, aposte na conversa com a própria escola. Professores, coordenadores e pedagogos estão lá para ajudar de todas as formas possíveis. 



VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários